Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

Felisberta – inverno 2022

Separe seu chocolate quente (rum opcional), suas cobertas mais quentinhas e receba em sua tela essa edição mais do que incrível da Fesliberta – Inverno 2022. Essa será nossa maior edição até então, contando com textos de (em ordem de aparição na revista): Jimena Casas (Trad. de Eduarda Rocha); Douglas Laurindo; Humberto Pio; Mónica de La Torre (Trad. Sylvia Damiani); Milena Martins Moura; Matheus dos Anjos; Lana Maciel; Isabela Otechar; Beatriz Kestering Tramontini; Pedro Paz; Cesar Cardoso; Moisés Santana; Julia Barandier; Amanda Pedrosa; Yasmin Bidim; Dom Fabrone; Matheus Hotz; Lucas Matos e Laura Redfern Navarro.

Ufa!

A capa e as ilustrações deste volume são de Lucas Alves, a quem agradecemos pela colaboração.

Publicidade

Felisberta – outono 2022

Nossa edição de outono traz poemas de Priscila Branco, Ana Maria Vasconcelos, Heyk Pimenta, Klinsman Costa, Íris Ladislau, Manuella Bezerra de Melo e Érika Santos. Neste número, também temos a alegria de publicar três poetas latino-americanas: Marta Quiñónez, até então inédita em português, traduzida por Marcela Batista; Xel-Ha López, em tradução de Eduarda Rocha; e Regina José Galindo, em tradução de Julya Vasconcelos.

A arte de capa e todas as artes ao longo da revista são da artista alagoana Mariana Marques, a quem agradecemos pela colaboração. @mariana_._marques

Felisberta – verão 2022

Nossa revista está de cara nova e com uma nova peridiocidade!

Nesta edição, contamos com poemas de: Camila Assad, Daiana Henderson (trad. Eduarda Rocha), Jeanann Verlee (trad. Carina Gonçalves), Luciana Gerhard, Ingrid Faustino, Caetano Romão, Marina Rima, Amanara Brandão Lube, João Oliveira, Victor Squella, Luana Campos Leal, Matheus Hotz e Ari Denisson.

Todas as pinturas pertencem ao artista mineiro Fabrício Lima @fa.bris

FELISBERTA

A arte de capa deste número é de @floppypallero e as obras do corpo da revista são da artista Veridiana Mana. A edição conta com poemas de Julya Vasconcelos, Matheus Hotz, Gabriela Albuquerque, Bianca Garcia, Maria Ligia Solssia, Érika Santos, Micaela Tavares, Sabrinna Mourão e Gabriela Bejerman (trad. Eduarda Rocha)

FELISBERTA 11

Este número é dividido em duas partes. NA PARTE 1, temos poemas de Mirella Ferreira, João Oliveira e Kauam Pereira. Mirella, João e Kauam, além de poetas, são artistas visuais, e seu trabalho com texto relaciona-se diretamente com a espacialidade. As séries apresentadas por eles aqui são sinestésicas. AmorFragor. Banana, Violeta, Tartaruga. Ribeira, Restinga, Amaralina. Musgo, Chuva e Sal. NA PARTE 2, apresentamos, na íntegra, “O Romance da poesia”, texto de 2012 da poeta e ensaísta argentina Tamara Kamenszain, em tradução de Clarisse Lyra. Verdadeira maestra de escritura, Tamara deu oficinas de poesia por quarenta anos e foi diretora do primeiro curso de graduação em Artes da Escrita de seu país. Seus poemas se pensam enquanto se fazem e ensinam modos de ler os livros, mas também a vida. Tamara faleceu no final de julho deste ano, e a publicação de seu texto aqui é também uma homenagem e um agradecimento a ela.

FELISBERTA 9

Esta edição conta com poemas de Ágnes Souza, Marina Rima, Grace Nichols (tradução de Letícia Romariz), Beatriz RGB, Nurit Kasztelan (tradução de Eduarda Rocha), Gabriela Hollanda, Julya Vasconcelos e Isabela Equor. A capa e todas as aquarelas são de Mário Martins @martins.mariodamata.

FELISBERTA #8

Nesta edição, poemas de Dorothea Lasky (trad Mariana Ruggieri), Idalia Morejón Arnaiz (trad. Clarisse Lyra), Margarita Roncarolo (trad. Clarisse Lyra), Gabriela Bejerman (trad. Eduarda Rocha), Tilsa Otta (trad. Mariana Ruggieri), Duda Las Casas e Lorena Grisi.

Foto de capa: Tâmara Lyra

Foto página 22: Mariana Ruggieri.

FELISBERTA #7

Tá no ar a Felisberta #7, editada por Roger Melo e Viviane Nogueira.

poemas: marcela futuro, lucas quintela, fúcsia, letícia carvalho, edmo jesus, caroline policarpo veloso, patricia lockwood por mariana correia santos & krista franklin por viviane nogueira

ilustrações: marte (@mars.maadim) & suli (@menormorcegodomundo)

FELISBERTA #6

Neste #8M pandêmico, dia internacional de lutas, no qual não poderemos colocar nossos corpos nas ruas, preparamos uma edição especial que festeja o desejo, o desbunde, a liberdade, com poemas de Angélica Freitas, Anna dos Santos, Paola Santi Kremer, Leila Míccolis, Valentine, Flor Cugat, Gabriela Luzzi e María María, as três últimas em tradução de Eduarda Rocha. A edição conta ainda com um texto de Karina Buhr sobre a descriminalização do aborto e um conto de Daniela Rezende.

A arte de capa é de @floppypallero.

Ilustrações de @tam.weston, @ca_mila_alvarez, tirotrofina_dg, @agustinamaifa, @ailenpossamay, @grasa_dibujante, @mmmina.jpg, @eve.callejera.